Sabemos que cada família é única! Mas todas as famílias compartilham algum grau de vínculo entre si que pode ser usado para apoiar umas às outras em tempos difíceis. Embora não haja uma solução única para ajudar um membro da família que está bebendo demais, usando drogas ou lidando com uma doença mental, pesquisas mostram que o apoio familiar pode desempenhar um papel importante em ajudar um ente querido com problemas mentais e transtornos relacionados ao uso de substâncias.

Quando um membro da família está passando por um transtorno mental ou por uso de substâncias, isso pode afetar mais do que apenas a pessoa que precisa de recuperação. Evidências mostraram que algumas pessoas têm uma predisposição genética para desenvolver transtornos mentais e por uso de substâncias e podem estar em maior risco com base em fatores ambientais, como por exemplo, ter crescido em um lar impactado pela saúde mental de um membro da família ou histórico de uso de substâncias.

As famílias devem estar abertas às opções de grupos de apoio ou terapia e aconselhamento familiar, os quais podem melhorar a eficácia do tratamento ao apoiar toda a família. Também é importante lembrar que os desafios únicos que surgem ao ajudar um ente querido com transtorno mental ou uso de substâncias podem ser desgastantes, portanto, os cuidadores devem tomar medidas para priorizar sua própria saúde fícica e mental também.

Os membros da família podem ser mais propensos a perceber quando seus entes queridos estão passando por mudanças de humor ou comportamento. Sendo capazes de oferecer apoio. Os membros da família podem conectar os necessitados com tratamento, recursos e serviços para iniciar e permanecer em sua jornada de recuperação.

No site do SAMHSA você pode encontrar uma série de vídeos e orientações para familiares ou para poder usar como recurso didático em ambientes de tratamento em que as famíliass estão. Você também pode buscar apoio familiar nos Centros de Atenção Psicossocial em Álcool e Drogas (CAPS- AD) do seu município. Outras formas também seriam os grupos de apoio de Amor Exigente, Nar- anon, Al-anon ou na rede privada  atrvés de terapeuta´s especializados em terapia sistêmica familiar que é uma das melhores abordagens para familiares cujo ente querido tem problemas com drogas.

 

Fonte: https://www.samhsa.gov/families

Leave a Reply